A funcionalidade Análise de Estoque, disponível em Estoque e Serviços > Análise de Estoque, ajuda você na gestão estratégica da sua empresa: com ela, os dados dos seus produtos são analisados em tempo real e você tem dicas assertivas de como comprar melhor, mantendo seu estoque sempre saudável.

Para realizar esses cálculos, Análise de Estoque considera dois critérios principais: as variáveis da empresa e as variáveis do fornecedor. Combinando essas informações, a funcionalidade identifica o Estoque Mínimo, o Estoque Máximo e o Ponto de Pedido de cada produto, com base nas saídas por vendas e por consumo interno realizadas nos últimos 90 dias.

Se o produto ainda não tem informações de estoque mínimo e máximo, muito provavelmente ele é um produto novo, que ainda não completou 90 dias de cadastro no sistema.

Neste artigo, você entenderá se é possível alterar manualmente essas informações, modificando os números calculados pela funcionalidade.

Dados embasados em boas práticas de estoque

Os valores automáticos de Estoque Mínimo, o Estoque Máximo e o Ponto de Pedido não podem ser alterados manualmente. Isso ocorre para evitar problemas de gestão:

  • Perda de tempo: os números são dinâmicos e precisam ser calculados em tempo real, 24h por dia. Análise de Estoque leva em conta informações que variam constantemente, como as vendas realizadas diariamente e o consumo interno dos produto, além de considerar também os parâmetros de compra.

    Por isso, é inviável manter um colaborador realizando essas contas manualmente. Caso fosse possível editar manualmente as informações, isso levaria a...

  • Falhas humanas, decorrentes de informações incorretas.

O objetivo de Análise de Estoque é ser uma funcionalidade certeira, com cálculos confiáveis que possam orientar melhor suas decisões de compra. Por isso, o Estoque Mínimo, o Estoque Máximo e o Ponto de Pedido são calculados automaticamente.

Você pode conferir aqui como realizamos todos os cálculos de Análise de Estoque.

Se os valores sugeridos para estoque mínimo, máximo e ponto de pedido, ou sugestão de compra não parecerem bons, recomendamos que você revise os parâmetros de compra. Se eles parecerem baixos, pode ser que você tenha o desejo de manter estoques mais altos que o necessário para a frequência de compra informada.

Por exemplo: você informou que faz compras semanais, com frequência a cada 7 dias, com tempo médio de entrega de apenas 1 dia.

Este cenário fará o SimplesVet recomendar pontos bem baixos de estoque, pois se você compra sempre e o fornecedor entrega rápido, não é necessário estocar muitos itens, bloqueando seu capital.

Mas, se você estiver desconfortável com um estoque tão enxuto, considere aumentar sua frequência de compra para duas semanas, e você verá que os valores sugeridos serão maiores. Entenda aqui como alterar os parâmetros da Análise de Estoque.

Quer conferir mais dicas para sua gestão de estoque? Clique aqui!

#AnáliseDeEstoque #Estoque #GestãoDeEstoque

Encontrou sua resposta?