Caso tenha interrompido um protocolo de forma incorreta, é possível retomá-lo, ou seja, reativar as programações que foram interrompidas. Em seguida, vamos entender os impactos de retomar um protocolo.

Retomar protocolos com doses fixas

**Ao retomar um protocolo que possui doses fixas, as programações (datas) permanecem da mesma forma as quais foram iniciadas. 

Protocolo interrompido

Protocolo retomado

Retomar protocolos com doses indeterminadas

**Ao retomar um protocolo que possui doses indeterminadas, as programações (datas) que estão atrasadas permanecerão interrompidas.

Protocolo interrompido, com doses de 2016 e 2017 atrasadas

Protocolo retomado porém, as doses atrasadas de 2016 e 2017 continuam interrompidas

**Caso o intervalo de tempo entre a penúltima dose e a data atual seja superior ao intervalo cadastrado na vacina, o sistema gera uma nova dose com base na data atual.

**Se o intervalo de tempo entre a penúltima dose e a data atual está dentro do intervalo cadastrado na vacina, o sistema continuará as programações das próximas doses com base no que já estava cadastrado para esse protocolo.

Encontrou sua resposta?